quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Momento


E as palavras se foram, sem avisos, sem comentários, perdidas no vento...  E um olhar frágil, inesperado,  sussurrou um sorriso terno, que envolvia o corpo, se acostumando a luz, ao toque suave e a lentidão do momento, o vai e vem do vento...

Diana Lestan

7 comentários:

  1. O a ser dito, além de muito, é muito louco. O como, além de estulto, muito pouco.
    GK

    ResponderExcluir
  2. "... um sorriso terno, que envolvia o corpo..."
    Gostei muito deste pequeno texto, é belíssimo.
    Diana, bom resto de domingo e boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Diana!

    Que é feito de você? Há qto tempo, mas sei k está tudo dando certo!
    Estive vendo seus posts anteriores, e verifiquei que já em novembro você postou. Em janeiro, desse ano, fez já várias publicações, o k me deixou mto feliz.

    Uma prosa de mta beleza, mas talvez acompanhada por alguma tristeza. Gostei mto.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Muito belo! Se as palavras se foram embora, é porque o silêncio é necessário...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Voltei e gostei de reler o seu belo texto.
    Diana, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Olá Diana.
    Para quando novo post?
    Espero que esteja tudo bem consigo.
    Bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, querido amigo, obrigada pela sempre bem-vinda presença, está tudo bem, obrigada, um pouco de correria do dia a dia, boa semana para você e beijo.

      Excluir